XD Classificados Facebook Twitter

Notícias

imagem

Projeto Vida Urgente

Ajuda e apoio para pessoas.

imagem

Drogaria Desconto Máximo

- Cobrimos Qualquer Oferta.

imagem

Planeta Animal Casa De Ração

Rações, Medicamentos, Materiais de Pesca.

imagem

Dual Beauty Salão De Beleza Estética & Spa

Dual Beauty.


Notícias

foto

Foto: Inter Tv

MPF pede fim do contrato de concessão da Concer e suspensão da tarifa de pedágio na BR-040

Um dos motivos considerados pelo órgão é a paralisação das obras da nova pista de subida da Serra, que diminuiria o tempo de viagem entre Petrópolis e Rio.


O Ministério Público Federal (MPF) entrou com uma ação judicial pedindo o fim do contrato de concessão da Concer, concessionária que administra a BR-040, e a suspensão imediata da tarifa de pedágio. Um dos motivos da ação, segundo o órgão, é a paralisação das obras da nova pista de subida da Serra, que diminuiria o tempo de viagem entre Petrópolis e Rio.

Além disso, o MPF também teve acesso a um relatório da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) que mostra que de agosto do ano passado a março deste ano, a rodovia não passou por manutenção.

Segundo o Ministério Público esta ação é um dos principais documentos que foram anexados ao processo de mais de 2 mil páginas movido pelo MPF contra a concessionária, a ANTT e a União.

De acordo com a Procuradora da República , Joana Barreto, a ANTT comunicou, de forma não oficial, que haverá um reajuste imediato de 4% na tarifa de pedágio e que a publicação em Diário Oficial pode ocorrer a qualquer momento.

Esta é a quarta ação movida pelo MPF contra a concessionária. Nela também foi incluído um relatório de uma fiscalização feita pelo Tribunal de Contas da União que identificou sobrepreço de cerca de R$ 400 milhões na obra que está parada há mais de um ano e ainda está pela metade.
Questionada, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) não respondeu se haverá mesmo reajuste da tarifa do pedágio. Sobre a ação do MPF, disse apenas que o assunto seria discutido em uma reunião, mas houve um pedido de vista por um dos diretores.

O Tribunal de Justiça afirmou que recebeu a ação, mas que ainda não há data determinada para que o juiz se manifeste.
Já a Concer informou que não vai falar sobre a ação e sobre o reajuste da tarifa.

Fonte: G1 Região Serrana

21 de Setembro de 2017

16:13:09

compartilhe

Contador: 000108

imagem

Drogaria Desconto Máximo

- Cobrimos Qualquer Oferta.

imagem

Xerém Eletromóveis

A entrega.

imagem

Dual Beauty Salão De Beleza Estética & Spa

Dual Beauty.

imagem

Mercado Modesto Mantiquira

ESTACIONAMENTO GRÁTIS.