XD Classificados Facebook Twitter

Notícias

imagem

Silvania Materiais De Construção Em Xerém

Com produtos de excelente qualidade.

imagem

Projeto Vida Urgente

Ajuda e apoio para pessoas.

imagem

Leles Mix Artigos De Festas

ARTIGOS DE FESTAS.

imagem

Corretora De Imóveis Joice Duartes

Quer comprar ou alugar uma casa.


Notícias

foto

Zeca Pagodinho

Foto: Agência O Globo

Zeca Pagodinho encontra relíquia em Xerém. Baú com mais de 200 sambas inéditos e prepara novo CD

A relíquia estava esquecida numa caixa de papelão, num dos armários do sítio em Xerém


Zeca Pagodinho encontrou, em casa, uma caixa com mais de 200 fitas cassetes repletas de gravações inéditas. No baú que ele classifica como um “tesouro”, há composições de nomes como Monarco, Nelson Sargento, Paulão Sete Cordas, Alcino Correa e Nelson Rufino. São obras que foram enviadas — e oferecidas — pelos próprios artistas num período em que ainda não existia CD. A relíquia estava esquecida numa caixa de papelão, num dos armários do sítio que o sambista mantém em Xerém, na Baixada Fluminense.

— Achei uma joia do Monarco que estava perdida. Já tenho música para o próximo disco! — comemora ele.

A celebração também é motivo para ponderações. O encontro com o passado lançou o bamba numa série de pensamentos sobre as transformações que viu — e ainda vê — no meio musical. Nem todas as mudanças são positivas, ele considera.

— Estou ouvindo tudo o que encontrei, mas acho que hoje a música não fala a mesma coisa que falava há 30 anos atrás. Não sei se as pessoas entenderiam — afirma, acrescentando: — Às vezes fico lembro como a gente via o samba com o coração. Antigamente, ninguém ia para o Cacique de Ramos para ver o outro cantar. Todo mundo ia para cantar. Era um elogiando a música do outro. E todos eram compositores! Não é como agora, que vai todo mundo para ouvir um cara cantar. Era um pagode redondinho. Que época boa! Hoje em dia é tudo diferente...

O próximo CD de Zeca Pagodinho deve ser lançado em janeiro de 2018. A última produção foi “Ser humano” (2015), com a música de trabalho homônima. Além da letra inédita de Monarco, o novo disco deve incluir quatro composições escritas por Zeca e Arlindo Cruz meses antes de o bamba ser internado em decorrência de um AVC.

Fonte: Gustavo Cunha/extra Online

10 de Outubro de 2017

08:56:34

compartilhe

Contador: 000297

imagem

Corretora De Imóveis Joice Duartes

Quer comprar ou alugar uma casa.

imagem

Drogaria Desconto Máximo

- Cobrimos Qualquer Oferta.

imagem

Atacadão Das Cestas Básicas Xerém

Atadadão das cestas Xerém.

imagem

Center Fruit Da Jú

Posso todas as coisa naquele
que me fortalece (Fil.